É uma moeda virtual criada em 2008 e a primeira a usar criptografia. A ideia surgiu em 2008 após uma das maiores crises financeiras que o mundo presenciou. Ao contrário das moedas físicas, como o real ou o dólar, o bitcoin não é emitido pelo Banco Central de nenhum país. O responsável por sua “criação” é um programa de computador central e complexo, que vamos explicar mais adiante.

Uma peculiaridade do bitcoin, é que todas as suas transações são públicas e podem ser checadas por qualquer um. O que é exibido, no entanto, são os números das carteiras virtuais envolvidas na transferência e quanto foi enviado.

A criptografia embaralha os dados para protegê-los e, no caso do bitcoin, é usada para manter as transações seguras e ocultas.

É seguro investir em bitcoin?

Bitcoin é considerado por especialistas em finanças um investimento de alto risco. A cotação da moeda oscila conforme a demanda por ela, em um sistema similar a uma ação na bolsa de valores. Nada garante que se você comprar um bitcoin ele valerá mais no futuro, porém é visto por muitos uma moeda mais seguras que muitas moedas de países. 

Moeda virtual, digital e criptomoeda são a mesma coisa?

Sim. Criptomoeda é o nome técnico empregado por conta do uso da criptografia. Já moeda virtual e/ou digital são sinônimos atribuídos porque a circulação dessa divisa ocorre apenas na internet.

Como comprar?

Para comprar bitcoin, é preciso instalar um software no computador ou smartphone e seguir as instruções para criar seu par de chaves criptográficas. Esse processo é automático e muito simples. Isso gera um “endereço bitcoin”, uma carteira digital que funciona como um número de conta corrente.

É possível adquirir moedas de duas formas: em casas de câmbio específicas ou sendo um “minerador”, alguém que participa das transações e é recompensado com novos bitcoins por isso.

Como é o sistema de compra e venda?

As transferências de bitcoin acontecem entre as carteira do comprador e do vendedor. A transação dura alguns minutos. Para ser efetivada, ocorre um processo complicado nos bastidores.

Todas as transações são reunidas em blocos. Cada bloco é ligado ao anterior por um elo, um código chamado “hash”. Juntos, eles formam uma “corrente de blocos”, ou “blockchain”.

Os responsáveis por montar a “blockchain” são os chamados mineradores. Eles reúnem as transações que estão sendo incluídas na rede, mas ainda não foram colocadas em um bloco. Além disso, o minerador tem de calcular o “hash” certo para formar a ligação entre os blocos. Como os cálculos são bastante complexos, há um custo computacional bastante grande.

É por isso que computadores domésticos comuns não têm chance de competir com os mineradores profissionais, que fazem uso de supermáquinas para conseguir o maior número de tentativas no menor período de tempo.

Bitcoin é ilegal?

As moedas virtuais ainda enfrentam questões em torno da sua regulamentação. Alguns países se mostram favoráveis ao seu uso, como Japão, Suíça Reino Unido e Estados Unidos. Outros, como Bolívia, Tailândia e Índia, proíbem algumas formas de transações financeiras com moedas que não são emitidas pelo governo ou seja países onde o totalitarismo se faz presente, apesar de muitas discussões ela não foi proibida de forma oficial e em todos os lugares onde se viu o governo criar barreiras a adoção da população não para de crescer, caso de países como Venezuela, Rússia e Bolívia.  

No Brasil, o bitcoin é regulado?

Não. Nem o Banco Central, nem a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) regulamentam aplicações em bitcoin, porém é um dos investimentos que mais crescem no Brasil em uma pesquisa recente aponta que mais de que existem mais de 2 milhões de pessoas físicas utilizando Bitcoin esse número é mais que o dobro do número de investidores pessoa física da bolsa de valores brasileira.

É possível comprar algo com bitcoin?

Sim. Algumas empresas aceitam bitcoin como forma de pagamento. por exemplo em Santa Catarina uma rede shopping center já colocou em todas as lojas terminais que aceitam a tecnologia.

Fonte: Globo

https://g1.globo.com/economia/noticia/bitcoin-veja-perguntas-e-respostas-sobre-a-moeda-virtual.ghtml

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *