Como eu posso ganhar dinheiro com Bitcoin

Hoje muitas pessoas escutam sobre o Bitcoin, mas desconhecem o mercado e como participar de forma lucrativa, visando explicar melhor como conseguir montamos esse tutorial. 

O Bitcoin surgiu após a crise de 2008 com o objetivo de ser uma moeda descentralizada, ou seja, não necessita de terceiros para funcionar de maneira efetiva. Isso significa que você não depende de bancos, grandes instituições ou governo para movimentar o seu dinheiro. Com ele, o dinheiro é realmente seu e está em seu controle, 24 horas por dia, 7 dias da semana.

Ela funciona como qualquer outra moeda do mercado tradicional e o seu valor do bitcoin está baseado na lei da oferta e procura. Então, segue a lógica: a produção de bitcoins é limitada, sendo estipulada em aproximadamente 21 milhões de moedas no total. A procura pela moeda se modifica de acordo com o período e situação do mercado e a valorização ou desvalorização da moeda se dá, também, a partir dessas oscilações.  

Agora que explicamos o que é o Bitcoin, vamos lhe apresentar as formas de se conseguir ganhar dinheiro nesse mercado. 

1- Operações de compra e venda 

  Você poderá operar comprando o Bitcoin em um preço e vendendo por um preço acima do que comprou se aproveitando da volatilidade deste ativo, você poderá executar essas operações em exchanges, que são corretoras que ligam pessoas com interesses de comprar e vender criptomoedas. Conheça a performance do robô Alfred

Existem algumas maneiras de se realizar essas operações.

 A primeira é a scalping  uma estratégia operacional de day trading, executada nos mercados financeiros. O intuito do Scalping é de lucrar com os movimentos curtos, rápidos e sequenciais (Momentum) que acontecem durante um dia de negociação. 

A segunda maneira é realizando operações de day tarder  uma modalidade de negociação utilizada em mercados financeiros, que tem por objetivo a obtenção de lucro com a oscilação de preço, ao longo do dia, de ativos financeiros.

O especulador, profissional ou amador, de day trading é chamado de day trader. 

A terceira maneira é realizando operações de swing trader uma estratégia de negociação especulativa nos mercados financeiros, onde um ativo negociável é mantido por um a vários dias, em um esforço para lucrar com mudanças de preço ou ‘oscilações’.

2- Mineração de Bitcoins 

Mineração de Bitcoin é o processo de adicionar registros de transações ao livro razão público do Bitcoin, que armazena transações passadas. Este livro razão é chamado Blockchain pelo fato de ser uma cadeia de blocos de transações/registros.

O Blockchain serve para confirmar transações para o resto da rede ter conhecimento, e é usado para distinguir transações de Bitcoins legítimas de tentativas de reuso de moedas.

Minerar é intencionalmente feito para ter um uso intensivo de recursos e difícil, de forma que o número de blocos encontrados por dia permanece constante. Blocos individuais devem conter uma prova para serem considerados válidos.

Esta prova é verificada por outros nós Bitcoin cada vez que eles recebem um bloco. Bitcoin usa uma função hash com recompensa para provas(a hashcash proof-of-work function).

O propósito fundamental da mineração é permitir aos nós da rede Bitcoin alcançar um consenso seguro e inviolável. Minerar é também um mecanismo usado para introduzir moedas Bitcoin no sistema: Mineradores recebem taxas e um subsídio de novas moedas criadas.

Ambos servem com o propósito de disseminar novas moedas de uma maneira descentralizada bem como motivar pessoas a prover segurança ao sistema.

Mineração de Bitcoin é chamado assim porque se assemelha com a mineração de outros commodities que requer esforço e lentamente faz com que uma nova moeda esteja disponível a uma taxa que se assemelha a taxa de que commodities como ouro são minerados do solo.

A mineração é a forma mais conhecida de se conquistar Bitcois, mas é necessário alguns conhecimentos técnicos, além de um alto poder computacional. 

3- Reserva de valor 

A reserva de valor é a unção que decorre do meio de troca, onde o poder de compra adquirido ao vender sua mercadoria mantiver-se ao longo do tempo.

Em outras palavras, a moeda deve preservar o poder de compra (assim como acontece com os títulos, pois eles tem valor de compra e rentabilidade ao longo do tempo). Pensando dessa maneira e observando o histórico do

Bitcoin uma pessoas que havia comprado um bitcoin em 2010, viu seu dinheiro aplicado ir valorizando ao longo do tempo, esse modelo é também conhecido como hold.

Como fazer para declarar seus Bitcoins no imposto de renda 2020

Olá pessoal, o ano virou e até o dia 31 de abril devemos enviar para a receita federal nosso imposto de renda e aí vem a dúvida como declarar o investimento em Bitcoins para a receita, hoje iremos tirar todas dúvidas referente a declaração do imposto de renda. 

Hoje no Brasil não temos uma regularização específica no Brasil, mas saiba que não está isenta de tributação, de acordo com a receita federal é preciso declarar Bitcoins no Imposto de renda .

Em maio de 2019 a receita federal  lançou uma instrução normativa RFB 1.888/2019, para a receita esse tipo de monitoramento vem crescendo em todo mundo. 

De acordo com a instrução normativa, as operações feitas em ambientes virtuais mantidos pelas plataformas online de compra, venda e troca de moedas digitais localizadas no Brasil conhecidas como exchanges  deverão ser informadas à Receita por essas próprias corretoras, sem nenhum limite de valor. 

Para pessoa física os rendimentos dos investimentos em bitcoin e criptomoedas em geral são isentos de IR para aplicações de até R$ 35 mil.

Tal como um investimento em ações, a alíquota de IR é de 15% sobre o lucro obtido com a venda dessas moedas.

O imposto sobre o ganho deve ser recolhido pela própria pessoa que investiu. Ela deve pagar uma guia de recolhimento (DARF) até o último dia útil do mês seguinte ao da operação de venda com lucro.

Os investimentos em bitcoin estão sujeitos à chamada Tributação Exclusiva ou Definitiva. Por isso precisam ser lançados em dois momentos na declaração do Imposto de Renda feita pelo programa da Receita:

o saldo das aplicações deve constar na aba “Bens e Direitos” do programa;

os rendimentos das aplicações, ainda que não tenha havido saque, devem constar na aba “Rendimentos de Aplicações Sujeitas à Tributação Exclusiva/Definitiva”.

Como instalar o Alfred em seu Android ou Windows

alfred bot recomendações de criptomoedas

Olá pessoal nossa equipe não para e estamos sempre trazendo novidades, agora já é possível ter em seu Windows e no Android o nosso aplicativo, para quem possui IOS não fique triste, pois nossa equipe já está no processo final e em breve teremos o Alfred em IOS. 

Esse primeiro passo a passo iremos ensinar como instalar no Windows

primeiro passo entrar em nosso site de sinais https://tips.alfredbot.com.br/signals 

Após entrar em nosso site ir na parte superior no canto direito nas três bolinhas e clicar, após clicar irá aparecer várias opções escolher a opção “abrir no APP aplicativo de recomendações de sinais.

 Pronto após realizar esse processo já terá o aplicativo na sua área de trabalho do seu computador 

Agora iremos realizar o passo a passo para Android 

primeiro passo entrar em nosso site de sinais https://tips.alfredbot.com.br/signals 


Após entrar em nosso site ir na parte superior no canto direito nas três bolinhas e clicar, após clicar irá aparecer várias opções escolher a opção “abrir Alfred Bot” 

Pronto após realizar esse processo já terá o aplicativo na  tela principal. 

Fique atento em nosso Blog, pois estaremos sempre mandando novidades sobre nossos serviços, sobre o mundo de criptomoedas e análises diárias sobre o mercado. 

Como criar uma API na Binance

Olá pessoal hoje vamos ensinar a criar uma API na binance, mas o que é um API?

API (Interface de programação e aplicações) é um conjunto de rotinas e padrões estabelecidos por um software para a utilização das suas funcionalidades por aplicativos que não pretendem envolver-se em detalhes da implementação do software, mas apenas usar seus serviços. De modo geral, a API é composta por uma série de funções acessíveis somente por programação e que permitem utilizar características do software menos evidentes ao utilizador tradicional.

Por que precisamos configurar a API em nossa conta?

O Alfred possui uma versão onde você realiza a operação com apenas um clique dispensando a ida na binance para a configurar a operação proporcionando mais praticidade na sua operação em criptomoedas.

Agora que já explicamos vamos para o passo a passo

Ao entrar a página principal a Binance, iremos selecionar a opção com as iniciais do nome e selecionar gerenciamento API

Na página gerenciamento API vamos selecionar a opção de criar uma nova API ao selecionar essa opção irá pedir para confirmar a operação no seu email.

Após a confirmação quando retornar para a Binance irá cair nessa página.

Nessa página ao lado direito no nome em que escolheu para sua API terá a opção editar, após clicar em editar selecionar a opção Enable Trading.

Para concluir basta enviar para a nossa equipe a API key e a Secret Key, a nossa equipe irá configurar e pronto o Alfred estará pronto para realizar operações com apenas um clique.

OBS: A secret key é possível observar apenas no momento da criação da API quando sair dessa página não será possível visualizar a informação novamente.

Comparativo entre os mercados de ações e criptmoedas

Hoje um dos mercados de investimentos que mais cresce no Brasil e no mundo é o mercado de criptoativos, com moedas como Litcoin tendo valorização de 300% e o bitcoin com valorização de 90% comparando com o mercado tradicional de ações, o ibovespa que teve uma valorização de 31,58%, deixa as pessoas curiosas com o mercado. Para tirar dúvidas e esclarecer as pessoas vamos explicar o mercado e suas diferenças. 

Como funciona o mercado de criptomoedas?

Physical version of Cryptocurrencies (Monero, Ripple, Litecoin, Bitcoin, Dash, Ethereum).

O Bitcoin foi a primeira moeda virtual criada em 2008 e a primeira a usar criptografia. A ideia surgiu em 2008 após uma das maiores crises financeiras que o mundo presenciou. Ao contrário das moedas físicas, como o real ou o dólar, o bitcoin não é emitido pelo Banco Central de nenhum país. Apesar de ser a mais conhecida o Bitcoin não é a única criptomoeda existente. Os destaques da concorrência vão para o Litecoin e o Mastercoin, mas nenhum deles possui a representatividade do Bitcoin, a principal moeda virtual do mundo atualmente. Todas elas são criptomoedas e utiliza um meio de troca, podendo ser centralização, centralizado ou descentralizado que se utiliza da tecnologia de blockchain e da criptografia para assegurar a validade das transações e a criação de novas unidades da moeda. Essas moedas são negociadas em corretoras e através de compartilhamento ponto a ponto (P2P).  

Como funciona a bolsa de valores?

A bolsa de valores é um mercado, onde pessoas e empresas se relacionam através da compra e venda de seus títulos e ações. Se você decide vender uma ação e outro investidor têm interesse em comprá-la, a bolsa será o ponto de encontro entre vocês.

O objetivo da Bolsa é organizar essas negociações em um ambiente seguro, garantindo que você irá receber o dinheiro pelas suas ações e o investidor receberá as ações que comprou, de forma eficiente, segura e justa.

A bolsa também garante que suas ações sejam guardadas em um lugar 100% seguro, a CBLC – Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia. Muitas pessoas acreditam que as ações ficam em custódia das corretoras, porém é a CBLC (empresa do grupo BM&F Bovespa) quem tem essa responsabilidade no Brasil.

A Bolsa do Brasil é a BM&F Bovespa, que é uma união da BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros) e da Bovespa (Bolsa de São Paulo). Todas as demais bolsas criadas no Brasil foram incorporadas por ela ao longo do tempo, assim como a Bolsa do Rio de Janeiro, a primeira criada no país.

Para investir nela você precisa ter uma conta em uma corretora de investimentos, ou corretora de valores. Elas são as instituições que distribuem as ofertas de ações, fundos ou títulos e fazem o intermédio das negociações entre compradores, vendedores e a bolsa.

A primeira diferença é quanto ao horário de abertura no caso do mercado à vista ele inicia às 10:00 e fecha as 17 horas, no mercado de criptoativos ele fica aberto 24 horas por dia 7 dias por semana já que é controlado por blockchain o seu fechamento e abertura é considerado às 21:00 horas. 

Para o aporte inicial é outra diferença interessante enquanto no mercado tradicional o investimento para começar pode ser alto uma vez que as ações são negociadas com cotas (por exemplo uma ação pode até custar R$ 15,00, mas ela é negociada dentro de um lote de 100, o que exige um investimento de, no mínimo, R$ 1.500, por exemplo.

O que não é o caso do mercado de criptomoedas, por exemplo com o bitcoin. É possível começar a investir com um valor menor. Isso porque quando você for comprar bitcoin, você não precisa necessariamente comprar 1 bitcoin inteiro. Por ser uma moeda digital, ela é fracionada, ou seja, pode ser comprado apenas uma fração dela.

Vamos supor que você dispõe de 100 reais para começar a operar no mercado cripto e quer comprar esse valor em bitcoin, isso é possível, 100 reais na cotação do momento (10/02/2020) seria equivalente a 0,0024 satoshis.   

No mundo das moedas digitais, não há diferenças entre moedas por exemplo brasileiras ou japonesas. Você pode investir em todos os países de uma maneira democraticamente, por meio de uma só plataforma, chamada de exchange. Enviando dinheiro para sua exchange brasileira, você consegue comprar bitcoins, enviar esses bitcoins para uma exchange internacional. 

O mercado de criptomedas é livre e descentralizado, ou seja, o bitcoin não tem nenhum órgão regulamentador como Bovespa ou o Bacen, e isso é sinônimo de falta de ordem?

Não, na verdade, quem comanda a rede blockchain são os próprios usuários. 

A lei da oferta e demanda é aplicada pelos usuários, que é quem dita a regra. É o liberalismo aplicado. 

Por meio do blockchain, a segurança das transações é garantida. Não sequer um registro de quebra no protocolo do blockchain.

No caso, o próprio blockchain cumpre o papel que o Estado deveria, nas transações tradicionais, que é garantir a segurança e fiel cumprimento.

Umas das semelhanças de ambos os mercados é o modo de leitura dos gráficos de mercado de ações e de criptomoedas são parecidos. Através de leitura de tendências feitas em uma análise técnica. 

Outra similaridade é que enquanto no mercado financeiro tradicional você pode comprar ações de varejos, frigoríficos, petróleo e bancos. No mercado cripto você também encontra diversidade.

Você encontra diferentes moedas digitais com propósitos diferentes. Entre elas, algumas querem ser de pagamento, outras com o intuito de desenvolvimento da internet, entre outras.

Enquanto uns preferem bolsa de valores outros mercado de criptomoedas, o importante é estudar sobre eles e entender como funciona, como o rendimento é gerado e qual maneira isso irá te beneficiar. Não prejudicando sua saúde financeira. 

No primeiro semestre de 2019 todo mundo voltou a atenção para a Bovespa, que estava batendo os 100 mil pontos, porém, olhando do ponto de vista de valorização, ela só subiu 17%, em relação ao bitcoin que aumentou 226%. Uma grande valorização né? 

Por fim iremos falar sobre a oscilação de preços, muito se fala sobre a oscilação de preços de criptomoedas, como o bitcoin, porém, o mercado de ações também é volátil. Por isso o importante é entender como esses dois mercados funcionam e quais os fatores que influenciam essas oscilações.

Também recomendamos que ao operar, comece com um valor mais abaixo, para você ver como funciona e aprender ler os gráficos e identificar as tendências.